Glaucoma

Glaucoma

O Glaucoma é uma doença grave, cuja perda da visão somente é percebida em estado avançado, quando pode já ter comprometido entre 40% e 50% do campo visual, e é principal causa de cegueira irreversível. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 900 mil pessoas são portadoras no Brasil. Por ser um vilão silencioso, o diagnóstico e o tratamento precoce são fundamentais para conter o seu desenvolvimento.

O Glaucoma é causado geralmente pelo aumento da pressão intraocular (PIO) do paciente, que ocorre quando acontece o bloqueio ou destruição dos canais de drenagem, fazendo com que haja o acúmulo do Humor Aquoso. Tal líquido é produzido pela região anterior dos nossos próprios olhos e preenche toda a parte frontal deles. Com o aumento da PIO, o nervo óptico pode ser danificado de forma progressiva e o campo de visão afetado gradativamente. Diversos

especialistas acreditam que o uso de corticoides e colírios dilatadores podem contribuir também para o aumento da PIO, bem como a má circulação na região do nervo óptico e a pressão articular elevada. O Glaucoma não dá avisos, por isso a visita regular ao oftalmologista é essencial!